10 Razões para Viajar para a Ilha da Madeira



Vamos descobrir as 10 razões para viajar para a Ilha da Madeira


Damos-lhe 10 motivos para viajar até à Ilha da Madeira, com certeza vai adorar saber porque vale a pena visitar esta ilha. Tem mais de 1001 motivos para visitar a Madeira, mas seleccionámos (provavelmente) os 10 mais importantes:

1. Uma vasta gama de paisagens 2. Caminhadas no outro mundo 3. Clima subtropical 4. Uma cena gastronômica florescente 5.Arquitetura contemporânea 6. Tradições culturais 7.Variedade e acomodação de qualidade 8.Uma herança vinícola formidável 9. Praias selvagens 10.Frutas frescas

1. UMA VASTA DISPOSIÇÃO DE PAISAGENS


O mundo natural da ilha é incrivelmente diverso. Acima da costa estão altas montanhas cobertas de floresta tropical, exuberantes e ricas em espécies nativas, como o quase extinto loureiro La Gomera e a estranhamente bela (e curiosamente chamada) madeira fedorenta, que pode chegar a 130 pés de altura. Irá avistar ambos, juntamente com muitas samambaias e pássaros raros, como o tentilhão madeirense e o pombo-louro, na Laurissilva, classificada como Património Mundial pela UNESCO, uma floresta antiga que tem um toque quase místico. Mais alto ainda, acima da linha das árvores, você encontrará uma beleza mais acidentada, com pastagens rochosas e herbáceas repletas de belas urzes floridas e, ocasionalmente, mirtilos nativos. Na Ponta de São Lourenço, o ponto mais oriental da Madeira, prados perfumados cobrem impressionantes falésias de arenito. Ao longo da costa, pequenas quintas ocupam vales verdes como o Chão da Ribeira, a norte, onde um aglomerado de pequenas aldeias se refugia do oceano que espuma ao pé de escarpas negras.

2. OUTROS CAMINHADAS


A melhor forma de conhecer as belezas naturais da Madeira é caminhar na levada, pequenos canais de irrigação originalmente criados para transportar água do norte da ilha para o sul mais seco. Com cerca de 1.550 milhas de pistas para escolher, há algo para todos os níveis de preparação física. Balcões é uma caminhada fácil e bem percorrida de 2,5 km que serpenteia por entre as árvores para emergir de um mirante, com vistas impressionantes de encostas cobertas de floresta, aldeias caiadas de branco que parecem minúsculas à distância e, claro, o oceano sempre presente. Para uma caminhada mais longa, a levada de 25 Fontes, com 11 km, proporciona umas relaxantes três horas passadas serpenteando por florestas altas, culminando numa bonita lagoa rodeada por cascatas.

3. CLIMA SUBTROPICAL


O clima da Ilha da Madeira é um dos principais atractivos da região, uma vez que não existem temperaturas nem muito altas nem muito baixas. Essa característica atrai inúmeros visitantes ao longo do ano para a região. Portanto, é o destino perfeito para passar as próximas férias.
O clima ameno da região favorece a realização de diversas atividades. Poderá visitar as praias da região, fazer passeios de barco, percorrer os passeios característicos da região, entre outros atrativos turísticos evidentes na ilha. Assim, irá desfrutar da sua estadia, com dias de sol, desfrutando de tudo o que a Ilha tem para lhe oferecer.
Com este clima subtropical no arquipélago, não é necessário trazer roupas muito quentes para a sua estadia, pois mesmo no inverno, pode desfrutar de belos dias de sol com céu limpo. Os dias de maior vento, característicos da ilha, permitem a prática de algumas atividades, como parapente e asa delta.
O clima subtropical será uma vantagem para os apaixonados pelo verão, com uma boa temperatura da água do mar, ao longo do ano, pode mergulhar e desfrutar de momentos de relaxamento.

4. UMA CENA DE ALIMENTOS EXPLORADORES


A cozinha aqui servida é outro grande atrativo. O atum fresco tradicionalmente vem com vinagre picante, alho e molho de orégano, enquanto a espada preta, um peixe que só é pescado nas profundezas do oceano, é servida com banana frita. Lapas tem gosto de cruzamento de ostra com vieira e são deliciosas com manteiga de alho e limão. A espetada, carne assada em longos espetos na brasa, é outra especialidade. Escolha entre uma variedade de cortes - desde filé nobre a miudezas como coração - a carne grelhada que requer nada mais do que bolo do caco, um pão achatado local feito com batata-doce e recheado com manteiga de alho.

5. UMA ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA


Deixando o mundo natural de lado, existem alguns elementos notáveis feitos pelo homem na ilha também. O curvilíneo cassino da Madeira, inaugurado em 1976, foi projetado pelo famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer junto com o português Alfredo Viana de Lima, e dá a ilusão de um objeto surgindo da terra. O museu de arte Casa das Mudas, um prédio baixo de tijolos escuros do arquiteto Paulo David, fica com intenções brutalistas em um penhasco com vista para o oceano. As suas galerias impressionantemente minimalistas acolhem exposições de arte contemporânea e moderna, com destaque para artistas portugueses e madeirenses como a pintora Martha Telles. Às vezes, a própria estrutura ofusca as obras de arte, com grandes janelas esculpindo a luz do sol em formas modernistas contra as paredes brancas e oferecendo vistas infinitas do oceano abaixo.

6. TRADIÇÕES CULTURAIS


A cultura madeirense engloba várias tradições, que são seguidas pela maioria da população da região. Assim sendo, ao viajar para a Ilha da Madeira irá conhecer diferentes tradições que irão tornar a sua estadia mais agradável e irão fazer com que se sinta acolhido pelos residentes.
Das várias tradições anuais seguidas pelos moradores, estão as Missas do Parto, que leva várias pessoas às igrejas para assistir a nove missas na época do Natal. Esta é uma das tradições natalícias mais seguidas e pretende anunciar o nascimento de Jesus, também, outras tradições têm lugar na ilha, sendo o traje tradicional madeirense uma delas, bem como a música tradicional madeirense, nomeadamente o bailinho .
Arraiais é também uma das tradições madeirenses, que atrai milhares de pessoas todos os anos. É comemorado em vários locais da ilha e é um momento de grande alegria e convívio. Desde comida e bebida, até música e decoração nas ruas, características desta festa. Também os eventos realizados na ilha, como Festa da Flor, Carnaval, Festa de Fim de Ano, entre outros, são característicos da região e são acompanhados durante anos por residentes e visitantes.
A população da Ilha da Madeira tem muito presentes as tradições no seu dia a dia, tornando-as cada vez mais presentes ao longo dos anos e em que reúne a população ao longo do ano para festejar na convivência destas festas, tornando esta, uma população humilde, muito próxima da família e sua terra. A cultura madeirense desperta interesse por parte de quem a visita, dada a sua empatia e simplicidade.

7. OFERTA DE ALOJAMENTO DE VARIEDADE E QUALIDADE


Neste destino turístico encontrará a estadia dos seus sonhos, com um excelente atendimento, proporcionando-lhe uma experiência única num dos vários alojamentos da região. Além disso, você terá à sua disposição diversos serviços que contribuirão para uma ótima estadia.
Na Ilha da Madeira encontrará alojamento em vários pontos da ilha, ficando ao seu critério a escolha para obter uma estadia inesquecível. Além disso, pode escolher um hotel com uma boa relação qualidade / preço ou mesmo um preço inferior mas um alojamento de boa qualidade.
A facilidade na escolha de um alojamento deve-se à vasta oferta de hotéis e os restantes alojamentos locais estão a proporcionar-lhe uma estadia agradável, como Hostels e pensões.
Para ter uma estadia agradável, deve procurar o alojamento que melhor responde às suas necessidades, tendo em conta os critérios por si definidos. Os hotéis da ilha apresentam um elevado nível de qualidade, assim como um serviço excepcional e um ambiente acolhedor, característico da cultura madeirense.

8. UM PATRIMÓNIO DE VINHO FORMIDÁVEL

Vindima é o nome português para a vindima anual, uma festa sociável da comunidade. As uvas para os famosos vinhos generosos da Madeira são vindimadas entre o final de Agosto e o início de Setembro, pelo que para os aficionados de vinho esta é uma excelente altura para viajar para a ilha e participar. Como alternativa, faça uma visita ao Blandy's Wine Lodge em qualquer época do ano. Uma visita guiada pela perfumada adega fornece muitas informações sobre a produção da Madeira e termina com uma degustação.

9. PRAIAS SELVAGENS


A costa bastante preservada da ilha é uma atração natural. O Seixal é uma das mais belas praias, a sua areia fina e negra emoldurada por montanhas e falésias recortadas. Os surfistas devem ir para o bonito Jardim do Mar, eleito um dos melhores pontos de quebra de ondas grandes do mundo, e as famílias podem nadar e brincar nas piscinas naturais do Porto Moniz, patrulhadas por salva-vidas. Mas não fique preso à terra. Alugue um iate, ande de catamarã, windsurf ou caiaque para ver a ilha do ponto de vista do mar. Entre abril e outubro, você pode avistar baleias e golfinhos. Ou veja de perto a barracuda, a cavala e a anêmona gigante mergulhando na Reserva Natural do Garajau.

10. FRUTA FRESCA


A Madeira é incrivelmente exuberante e fértil, até as margens das estradas têm árvores carregadas de frutas. Culturas europeias como cerejas e ameixas florescem em vales frios, enquanto um pouco mais altas na zona tropical abundam o abacate, a manga, a goiaba, a cherimóia, o araçais e o maracujá. As bananas da Madeira são particularmente deliciosas - pequenas, gordas e doces. Visite uma plantação de banana para uma visita guiada para aprender como elas são cultivadas e colhidas e para prová-las. Para experimentar a abundante oferta de fruta da ilha, visite o mercado do Funchal (ver acima) e combine vários sabores num smoothie ou experimente um dos restaurantes do estilo locavore da Madeira, onde os menus incorporam a fartura da ilha, incluindo um delicioso e imperdível pudim de maracujá, pudim de maracujá.

ACESSE A PÁGINA INICIAL DO BLOG

© 2022 FEELING MADEIRA TOURS & WALKS